Notícia

Técnica ensina a valorizar o imóvel para venda pela internet

10/11/2017

Home staging ajuda a reorganizar e preparar ambientes para fotos e visitas

Em mercado difícil, quem tenta vender precisa caprichar na apresentação do imóvel e existem técnicas para isso.

É uma senhora economia de sola de sapato, gasolina e tempo. Hoje, o mercado imobiliário estima que, em 90% dos casos, a primeira busca por casa ou apartamento acontece pela internet. “Desperta o interesse de uma forma muito mais rápida”, diz o consultor imobiliário Alaor Neto.

Os maiores sites do ramo têm mais de 2,8 milhões de imóveis para vender ou alugar. E, nessa grande vitrine virtual, a primeira impressão pode ser a que fica. Fotos com a bagunça nossa de todo dia podem ser fatais.

“Em uma época como essa de crise, é muito importante você destacar esses elementos porque as pessoas estão garimpando muitos imóveis e procurando as melhores ofertas”, afirma Eduardo Schaeffer, presidente do ZAP.

Mas não adianta pensar naqueles filtros e truques de imagem usados nas redes sociais. Quando o assunto venda de imóvel na internet, a técnica é outra. Tem nome em inglês, é bem simples de usar e pode aumentar o valor de venda e diminuir o tempo de espera para fechar negócio.

Home staging é a técnica americana de reorganizar e preparar os ambientes para as fotos e as visitas. Os sites de imóveis começaram a espalhar as dicas para ajudar quem não é do ramo. “Acho que as pessoas que não tem esse conhecimento acabam perdendo oportunidades”, afirma a publicitária Paula Pinho.

A Paula está aplicando o que aprendeu para, em breve, colocar o apartamento dela em um site. Ela deu uma mão de tinta na cozinha, mas descobriu detalhes mais importantes. “Fotos de aniversário, lembranças de viagem que a gente traz, tudo isso é pessoal e não tem necessidade de manter isso na geladeira. Então, quanto menos elementos tiver no imóvel, mais você amplia a possibilidade de a pessoa se imaginar ali”, explica.

Vale também criar um clima fazendo, por exemplo, uma mesa bonita, e até apelar para a memória afetiva. “Pode fazer um bolo, por exemplo, para deixar o ambiente mais acolhedor”, diz Paula.

As dicas ajudaram o Erik. As primeiras fotos do apartamento não eram muito convidativas, mas depois de aprender a técnica dá para ver a diferença. “Eu senti um número maior de visualizações do meu anúncio, eu senti um número maior de visitas e as pessoas que iam visitar me davam um retorno”, conta o engenheiro Erik Nabarrete Schanz.

Em quatro meses, ele conseguiu negociar o apartamento que há dois anos tentava vender. E já está na casa nova. A Paula espera chegar lá logo depois de seguir a última dica. “Você deixar só 50% das roupas dentro do guarda-roupas para mostrar profundidade e a quantidade de coisas que você pode guardar”.

Fonte: G1/Fantástico

Mais notícias